Servidor de arquivos sem riscos, qnap TS-431P como demonstrativo de servidor de arquivos centralizando todos os tipos de dados

 

Precisando armazenar e organizar uma grande quantidade de dados? Montar um servidor de arquivos para sua casa ou empresa vai te ajudar muito. A grande quantidade de dados produzida diariamente tem gerado uma crescente necessidade por mais espaço de armazenamento. Empresas e residências têm seus servidores e computadores sobrecarregados por arquivos de fotos, documentos e vídeos, causando um verdadeiro caos na organização das informações.

A melhor forma de organizar esses dados é através de um servidor de arquivos, criando pastas para armazenar separadamente cada tipo de arquivo e centralizar todas as informações num único lugar. Porém, montar um servidor de armazenamento usando um computador antigo baseado em Windows ou Linux é ter uma verdadeira bomba relógio prestes a explodir.

 

Computador antigo como um servidor de arquivos é uma bomba relógio

Abaixo enumeramos algumas dicas que podem te auxiliar ao montar seu servidor de arquivos:

1. Fuja da tentação de usar um computador usado

Apesar de tentadora, a ideia de usar um computador usado para centralizar seus arquivos importantes é muito arriscada. Transformar computadores domésticos obsoletos em servidores para armazenar e compartilhar dados de uma casa ou empresa é a melhor forma de perder todos os seus dados.

Um dos motivos para essa recomendação é que hard disks são equipamentos perecíveis, que possuem vida útil e sempre apresentam problemas após alguns anos de uso. Assim, aquele equipamento “encostado” e que possui hard disks que ainda funcionam NÃO é o melhor lugar para guardar suas informações.

 

2. Montar um servidor de arquivos ou enviar dados para a nuvem?

A principal vantagem de ter um servidor de arquivos longe da nuvem é fugir das mensalidades cobradas pelos provedores. Além disso, ambientes com alto volume de acesso precisam contratar linhas rápidas, ter em mente que manter arquivos na nuvem também envolvem riscos e exigem mais investimentos em estrutura e cyber-segurança.

Se a ideia é montar um servidor de arquivos por conta própria, use um hardware confiável. Esses servidores geralmente exigem pouco poder de processamento e performance. Uma placa mãe equipada com um processador de baixo poder de processamento pode dar conta do recado, porém vale lembrar que ela deve possuir suporte a arranjos de disco (RAID) e preferencialmente possuir duas portas de rede. Caso você precise gastar algum dinheiro na compra de componentes como novos gabinetes ou controladoras, considere a aquisição de um storages NAS. Esses equipamentos possuem todos esses recursos e são muito fáceis de instalar.